free html5 templates

Conheça o Sistema

Decomposição Aeróbica Assistida em Baixa Pressão

Mobirise

Criar uma solução onde a decomposição possa ocorrer sem a presença do necro-chorume é sem dúvida a solução ideal. O Cemitério Ecológico emprega uma solução denominada “Decomposição Aeróbica Assistida em Baixa Pressão” já testada com sucesso absoluto em todos os empreendimentos em que foi aplicado. A decomposição aeróbica, ao contrário dos outros sistemas conhecidos, se dá na presença do ar. Quando anaeróbica, como ocorre em todos os outros cemitérios, a decomposição é mais lenta justamente pela ausência do oxigênio, o redutor natural, resultando na decomposição biológica, onde o corpo é consumido pelos microrganismos que sobrevivem a ausência do oxigênio produzindo uma decomposição no mínimo desumana.
A junção de três fatores, o calor da decomposição, naturalmente exotérmica, o ar, filtrado para evitar a entrada de insetos, esporos, poeiras e outros, e a pressão negativa no interior dos lóculos, conseguida com um sistema simples, eficiente e barato de exaustão, fazem com que o necro-chorume, gerado nestas condições, se evapore de imediato.

Os gases e vapores gerados neste processo são conduzidos para um dispositivo denominado Inativador de Gases, onde o CO2 e o gás sulfídrico são transformados respectivamente nos inofensivos carboneto de sódio e sulfeto de sódio inodoros e não contaminantes. A tecnologia envolvida no processo e a forma como esses fatores foram compostos, criaram o mais perfeito sistema de decomposição de corpos: cristão, natural, limpo, econômico e definitivo.

Por isso, a tecnologia do Cemitério Ecológico, patenteada pela Valfer Tecnologia, é aprovada sem restrições pelos órgãos de proteção ambiental e pela comunidade em todos os empreendimentos em que foi aplicada.

Veja abaixo análise dos gases lançados à atmosfera 

 Principais reações do processo de absorção dos gases
 O hidróxido de sódio forma uma forte solução alcalina quando dissolvido em água.

A solução de soda cáustica facilmente absorve o dióxido de carbono dos gases proveniente do processo.
A reação química entre a soda cáustica e o CO2 é comumente chamada de carbonatação e é demonstrada na equação abaixo:

2 NaOH + CO2 → Na2CO3 + H2O

Esta reação ocorre em duas etapas. Primeiramente o CO2 reage com a água formando o Ácido Carbônico:

H2O + CO2 → H2CO3

E na seqüência o Ácido Carbônico reage com a soda cáustica para formar o sal de carbonato de sódio mais água e também sulfeto de sódio mais água:

2 NaOH + H2CO3 → Na2CO3 + 2 H2O

O ânion hidróxido faz o hidróxido de sódio uma base forte que reage com ácidos formando água e os correspondentes sais. No caso do processo em questão, o gás sulfídrico, dissolvido na água, forma a solução de gás sulfídrico e na seqüência imediata, a soda cáustica reage com grande conversão para formar o sal de Sulfeto de Sódio:

2NaOH(aq) + H2S(aq) → Na2S(aq) + H2O(l)

Em ambas as reações citadas, a solução de soda cáustica é ávida pelo ácido o que torna as reações com forte tendência de deslocamento para o lado dos reagentes, eliminado os gases tóxicos gerados.

Mobirise

Menores custos.

Os custos de implantação e de manutenção são menores do que em qualquer outro tipo de cemitério, Está é apenas uma das vantagens do sistema.

Mobirise

Como funciona.

A tecnologia envolvida no processo e a forma como esses fatores foram compostos, criaram o mais perfeito sistema de decomposição de corpos: cristão, natural, limpo, econômico e definitivo.

Mobirise

Já está em uso.

Conheça quem já está usando a nossa tecnologia e também os diversos cemitérios que se encontram em implantação e os nossos projeto.

CONTATOS

Telefone: 11 4582-8245
Cel/Whats: 11 9 7133-6242
E-mail: valdir@cemiterioecologico.com.br                

Avenida João Antonio Meccatti, 1255
Jundiaí/SP - CEP: 13.210-817

CADASTRE-SE

Receba nossas novidades:


NOSSAS REDES